Novo ponto de acesso: Pinheirinho

É com grande satisfação que anunciamos a instalação de mais um ponto de acesso na cidade de Encantado.

O novo ponto de acesso irá atender os bairros Pinheirinho, Barra do Guaporé e arredores, um local que até hoje não tinha cobertura de nenhum outro provedor. Isso prova a preocupação da Veloturbo em ter cobertura em toda a cidade de Encantado, e que vem aos poucos se tornando realidade, ao mesmo tempo em que reafirma o seu compromisso em atender com qualidade toda a população.

Os moradores dessa região que estiverem interessados poderão entrar em contato conosco pelo SAC, fone (51) 3751-6969, ou pelo e-mail atendimento@veloturbo.com.br, ou ainda pelo formulário de contato de nosso site.

Mas as novidades não páram por aí. A Veloturbo adquiriu recentemente e está em fase de instalação dos novos sistemas de energia ininterrupta, mais modernos e totalmente informatizados, possibilitando a detecção imediata de falhas de energia elétrica da rede pública e tornando rápida a manutenção quando ela for necessária.

Isso, somado às inúmeras melhorias que fizemos nos últimos dias, torna a Veloturbo um provedor auto-suficiente mesmo na falta de energia elétrica por vários dias. As ampliações nos pontos de acesso possibilitam o atendimento através de rede própria em 5.8GHz com muito mais eficiência e estabilidade. Mais uma vez está provada a preocupação com a infra-estrutura e atendimento com excelência tanto ao cliente doméstico quanto corporativo.

As novidades não terminaram, mas nós vamos deixar um pouco para o próximo post, que não deve demorar tanto para escrevermos. Pedimos desculpas aos nossos queridos visitantes, pela demora em atualizar o blog. Mas prometemos que daqui por diante as atualizações serão mais frequentes.

Novidades bombásticas em breve. Aguarde!

Um grande abraço e até o próximo.

Administração Veloturbo

Card sharing… a nova febre

O poder de criatividade do ser humano é algo inexplicável… simplesmente fascinante. Digo isso pelas incontáveis invenções que nos rodeiam, que facilitam nossas vidas, mas uma delas merece destaque aqui no blog. É o card sharing (“compartilhamento de cartão”, em tradução literal), que a cada dia ganha mais adeptos em todo lugar do mundo.

A prática do card sharing tem o objetivo de fazer o que faziam os tão populares decodificadores digitais de TV por assinatura: burlar a proteção dos canais pagos, permitindo que se assista a esses canais sem pagar assinatura mensal. AZBox, AZAmerica, Dreambox e outros aparelhos similares fizeram esse papel durante vários anos, mas de alguns meses pra cá, todos deixaram de funcionar. A proteção que antes era facilmente burlada, agora ganhou reforço e os receptores não mais conseguem decodificar o sinal. Somente os aparelhos fornecidos pelas operadoras é que conseguem.

É aí que entra o card sharing. A prática consiste em assinar um pacote de canais bem completo, realizando o devido pagamento mensal à companhia de TV, e compartilhar este plano com várias outras pessoas via Internet. Assim, essa mensalidade é dividida entre essas pessoas, que podem ainda dar lucro ao compartilhador, dependendo de quantos estão usando e quanto está sendo cobrado pelo sujeito que está compartilhando o plano.

A idéia parece simples e ingênua, mas é um exemplo claro de pirataria. Um crime, pra ser exato.

Imaginem vocês, que uma única assinatura poderá servir para duas, dez ou centenas de pessoas… E o que é pior: a companhia de TV, através do seu sistema, não consegue identificar se a prática está ocorrendo. No entanto, sem muito esforço, é possível chegar ao compartilhador, visto que na Internet, assim como na vida real, cada pessoa possui um endereço rastreável.

Do ponto de vista técnico, o que ocorre nessa prática é a simples troca de informações entre receptores que estão conectados via rede: um deles possui a “senha” e a passa aos demais. De posse da senha, é possível acessar determinado conteúdo, no caso, as imagens dos canais protegidos. É necessário uma simples conexão à Internet, e o tráfego gerado pelo sistema, embora absolutamente baixo, é constante: basta uma queda de alguns segundos na rede para que a imagem já congele. Algo semelhante a assistir vídeos no Youtube(tm) quando se tem uma velocidade de conexão insuficiente.

Na prática, o sistema consiste em um aparelho conectado, ao mesmo tempo, à televisão, à antena e à Internet. Um exemplo magnífico de engenharia da computação e eletrônica, e motivo de minha admiração pela inteligência e criatividade que está embutida em cada um de nós. Basta apenas aproveitá-la.

Essa mesma inteligência e criatividade pode trazer consequências indesejáveis, mas independente de qualquer condenação ou julgamento do mérito da questão, bato palmas para os desenvolvedores dessa e de tantas outras invenções que a informática permitiu. Cada vez me convenço mais de que o céu é o limite.

Apesar de todo meu reconhecimento à tecnologia e às pessoas que a desenvolvem, devo esclarecer que a Veloturbo não compactua com a prática de card sharing ou de qualquer outro sistema que contrarie leis, ou que possa ferir os direitos autorais ou intelectuais de quem quer que seja. A Internet é uma rede pública e não compete a Veloturbo permitir ou negar qualquer prática que se desenvolva sobre a grande rede. No entanto, ela reafirma aqui que estará cumprindo todas as determinações que vierem a ser necessárias, de acordo com as exigências atuais e futuras da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e do Ministério das Comunicações (Minicom).

Também gostaria de deixar claro que a Veloturbo não atende a chamados técnicos relacionados a travamentos ou congelamentos de imagem oriundos de sistemas ilegais como este que citei. Se você utiliza card sharing, esteja ciente de que está fazendo isso por sua conta e risco, e lembre-se de que, no momento em que assinou o contrato conosco, comprometeu-se a não fazer uso da Internet para fins ilícitos. Se você pretende utilizar, saiba de antemão que a Veloturbo não dá e nem dará qualquer tipo de assistência ou apoio a qualquer prática desta natureza.

Sendo o que tinha para o momento, despeço-me desejando a todos uma ótima semana.

Att.

Daniel Ghisleni
Administração Veloturbo

Veloturbinado! Assine já!

Que tal ter banda larga de 512K por apenas R$ 59 mensais sem pagar nada pela instalação e pelos equipamentos? É isso mesmo: a gente enlouqueceu! Forneceremos equipamentos gratuitamente e um plano de acesso feito na medida para você.

Aproveite a promoção Seja você também um Veloturbinado e navegue na Internet com muito mais qualidade e rapidez!

A Veloturbo, em atitude arrasadora, lançou essa promoção em que você não paga nada de adesão. Você liga, agenda a instalação e pronto. Sem complicações, sem taxas, sem surpresas. Simples assim.

E para arrematar, nada de usar equipamentos convencionais. A Veloturbo começou a instalar somente equipamentos de 5.8GHz. Ou seja, além de você não precisar pagar pela instalação, você ainda estará usando equipamentos de excelente qualidade. Resumindo: sem interferências, sem oscilações, sem paradas.

Não pense duas vezes: a promoção é por tempo limitado!

Ligue agora mesmo: (51) 3751-6969 e seja você também um Veloturbinado!

Consulte outros planos de acesso!

Soluções Inteligentes distribuem Internet em condomínios com muito menos transtornos

Mais uma vez a Veloturbo inova e leva até você mais comodidade no momento de assinar um plano de acesso à Internet. Desta vez, usando a rede de telefonia existente ou dos cabos de antena coletiva, ambos através do sistema HPN.

Com a intenção de diminuir os transtornos gerados ao instalar kits de acesso para clientes residentes em condomínios verticais e horizontais, a Veloturbo procurou incansavelmente, junto a seus parceiros, soluções que evitassem toda a mão-de-obra pesada necessária, como furação de chapas, paredes, passagem de cabos, além da sujeira e da perda de tempo que todo esse trabalho gera. Como resultado desse esforço, a Veloturbo oferece hoje 3 soluções distintas, mas com o mesmo objetivo: minimizar esforços e custos de instalação, simplificar todo o processo, aumentar a segurança e a estabilidade do sistema e utilizar infraestruturas já existentes. Essas soluções são: (i) PLC, que utiliza a rede elétrica — produto já lançado; (ii) HPN, que se beneficia da rede de telefonia; e (iii) HPNA, que aproveita a fiação de antena coletiva.

O sistema HPN via rede interna de telefonia

Aproveitando a rede de telefonia já existente, a Veloturbo distribui em um condomínio o acesso à Internet com segurança e estabilidade. Funcionando de forma semelhante ao PLC, o sistema HPN é instalado no quadro de distribuição geral e insere nos fios de telefone do assinante o sinal, que é então recebido e decodificado através de um modem dentro de cada apartamento, sem que seja necessário qualquer fiação auxiliar. Qualquer tomada de telefone existente no apartamento poderá ser usada para conectar o modem, sem no entanto interferir no funcionamento normal do telefone.

Essa forma de conexão não requer que o assinante possua um telefone fixo funcionando. Basta que existam os fios que vão do quadro de distribuição geral até o apartamento, o que normalmente já existe nas construções. O sistema também não interfere no sinal ADSL, caso o assinante já tenha este serviço habilitado com outra operadora, sendo possível utilizar voz, HPN e ADSL simultaneamente num mesmo par de fios telefônicos.

O sistema HPN via cabos coaxiais de antena coletiva

A fiação de antena coletiva também pode ser aproveitada para interligar dispositivos em rede. A tecnologia atua da mesma maneira: injeta na fiação da antena do prédio um sinal que é decodificado pelos adaptadores. Aqui também não há interferência no funcionamento normal do sistema. A fiação continuará a fazer o seu papel normal, que é conectar a antena a um televisor ou a um aparelho decodificador via satélite. A única diferença é que essa mesma fiação servirá para duas coisas ao mesmo tempo: antena de TV e Internet.

Também não é obrigatório que o assinante tenha TV a cabo, ou TV por assinatura. Sequer necessita que o assinante tenha televisor ou antena instalados. O único requisito é que exista fiação de antena coletiva (e que esta fiação seja coaxial).

Plano Piloto

Um sistema piloto já está instalado no Residencial Versalhes, em Encantado, e tem capacidade para atender todos os 20 apartamentos do condomínio. Os interessados que residem neste condomínio podem entrar em contato conosco para a ativação do sistema. Para quem deseja conhecer melhor, basta entrar em contato conosco e agendar uma visita. A instalação é muito rápida e não requer técnicos ou eletricistas.

Incluído em 11/06/2010: Outros condomínios já estão com sistemas inteligentes instalados e funcionando, e a comercialização dessas soluções está indo de vento em poupa. Está 100% aprovado tanto pela Veloturbo quanto pelos clientes que já utilizam estes modernos sistemas de conexão.

Diga não aos buracos e fios aparecendo. Solicite-nos uma visita e tenha a certeza de uma instalação rápida, limpa e sem transtornos. Não gaste mais seu dinheiro com instalações demoradas, que comprometem a estrutura e o visual do seu prédio ou da sua moradia. Não arrisque ter problemas de infiltrações. Entre em contato conosco e adquira uma de nossas Soluções Inteligentes. Temos o equipamento na medida certa para cada caso.

Foi um prazer apresentar mais estes produtos para vocês. Tenham um bom dia!

Equipe Veloturbo

Problemas no caminho? Nem tantos!

Quando iniciamos este blog, dissemos que iríamos contar aqui um pouco do que ocorre na Veloturbo. História, tecnologias, serviços oferecidos, situações boas e também as situações ruins.

Pois bem. Aqui vai então uma situação ruim.

[Post editado, leia abaixo em vermelho]

Mas antes, é preciso entender um pouco os conceitos. A Internet, como todos sabem, é uma rede que interliga milhões de computadores espalhados em todo o globo terrestre. Muitos são computadores de usuários como nós, outros são computadores que só servem para fornecer serviços como e-mails, sites, downloads, chamados de servidores. Há também muitos outros dispositivos conectados à rede, como telefones celulares, computadores de mão e até eletrodomésticos.

Pois bem. Interligar isso tudo não é uma coisa tão simples. As operadoras de telecomunicação usam cabos, fibras óticas, rádios, antenas e inúmeros equipamentos para tornar possível a comunicação de qualquer ponto do mundo com qualquer outro ponto do mundo. E a Veloturbo, não diferente, contribui com a sua parte para que tudo isso funcione de forma harmônica.

Agora vem a situação complicada… A Veloturbo e todas as outras empresas de telecomunicações dependem umas das outras para que tudo funcione adequadamente. Afinal, a Internet é uma rede pública, assim como as estradas e rodovias, de forma que não adianta um trecho estar perfeito, se o trecho seguinte está ruim. E é justamente o que tem ocorrido nos últimos dias com a Veloturbo, já que algumas de suas conexões são feitas através da operadora Oi, antiga Brasil Telecom.

O fato é que essa operadora contrata empresas terceirizadas para realizar sua mão-de-obra nos diferentes estados onde atua, e no momento, ela está substituindo a empresa que presta mão-de-obra no Rio Grande do Sul. Isso está gerando uma série de manifestações, uma vez que pode gerar inúmeros transtornos e desempregos (fontes: Zero Hora, Jornal do Comércio). O reflexo disso está aí: queda brusca na qualidade dos serviços prestados.

Verifica-se que, apesar de não possuir nenhuma relação com o problema aqui exposto, o mensageiro instantâneo da Microsoft também passa por dificuldades técnicas. Isso envolve todos os usuários do MSN, que reclamam que às vezes não entra, ou a lista de contatos fica incompleta ou incorreta. A Microsoft reportou que o problema seria solucionado ainda no dia 23 de março (fonte: Globo.com). No entanto, o problema persiste até o presente instante (01 de abril de 2010).

Mas nem tudo está perdido. Para minimizar os efeitos dessa problemática, a Veloturbo buscou outros caminhos. A solução foi interconectar sua rede à rede de outra operadora, permitindo que todo o tráfego de dados gerado pelos clientes sejam encaminhados ao destino através de caminhos alternativos. Algo semelhante a fazer uma viagem usando outras rodovias.

A partir da segunda semana do mês de abril, poderemos contar com essa solução, e assim teremos a certeza de que a qualidade de nossos serviços aumentará ainda mais. Gostaríamos de agradecer enormemente a compreensão de nossos clientes, mesmo os não diretamente atingidos, uma vez que podem ocorrer ainda alguns congestionamentos até isso tudo se solucionar. O que nos conforta é saber que, apesar de nosso esforço e nossa preocupação, não somos o único provedor a enfrentar esses contratempos.

Um grande abraço,

Equipe Veloturbo

Veloturbo leva Internet ao interior de Capitão

Dessa vez a novidade é para o pessoal da cidade de Capitão.

Flyer informativo sobre início das operações em Capitão

Flyer informativo sobre início das operações em Capitão

Após diversos apelos dos moradores daquela cidade, a Veloturbo decidiu investir e assim poder atender a todas as comunidades da área rural de Capitão. Para isso, ergue uma torre de 24 metros no alto do morro do Parque de Eventos, local cuidadosamente escolhido pela engenharia da empresa, e gentilmente cedido pela Prefeitura do município.

Neste local estará a interconexão com nossa base, e partir dele também serão feitas as conexões com os clientes. Usando um equipamento recentemente lançado e de uso pioneiro em Encantado e região, a Veloturbo conseguirá atingir locais antes impossibilitados pelas diversas montanhas e árvores, que separam das comunidades a região central da cidade.

Para que este investimento fosse possível, foi criada uma lista de inscrição que já está em poder dos moradores locais, coordenados pelo nosso braço-direito Laerson, que desde o início esteve contribuindo e auxiliando em diversos trabalhos de levantamento e comunicação, e que continua lutando junto conosco pelo sucesso da empreitada.

Aos interessados, basta entrar em contato com ele ou com o SAC da Veloturbo, pelo telefone (51) 3751-6969, e deixar os seus dados pessoais ou empresariais. Também será possível tirar dúvidas quanto ao funcionamento do sistema, taxas cobradas pelo serviço de instalação e mensalidades praticadas. Aos que estiverem inicialmente inscritos, serão oferecidas taxas e mensalidades diferenciadas, então quanto antes for feita a inscrição, melhor para o interessado.

A data prevista de ativação do sistema é 28 de fevereiro de 2010, podendo ocorrer antes. As inscrições para os primeiros interessados ficarão abertas até 31 de janeiro. Após este período, ainda poderá haver inscrições, no entanto serão praticados a partir daí os valores de tabela, sem os descontos concedidos para os primeiros inscritos.

Assim afirma-se o que sempre estamos dizendo: a Veloturbo está sempre trazendo novidades, mostrando seu compromisso com as comunidades e contribuindo com a sua parte para a inclusão digital. Muitas novidades ainda vão surgir; existe uma relação imensa de intenções, e conforme as possibilidades, colocamos uma a uma em prática. Esperamos que todos vocês continuem frequentando nosso site e principalmente este blog, que são nossas ferramentas mais importantes para a ação e informação.

Agradecemos a visita e colocamo-nos à sua disposição sempre que pudermos ajudar.

Um abraço,
Equipe Veloturbo

Interligações de longa distância

Talvez um serviço que nem todos saibam que a Veloturbo oferece é o de interligar pontos distantes entre si, formando uma rede interna. Este serviço já foi executado em diversos clientes e queremos deixar aqui registrado o sucesso que este produto faz no mercado.

É comum encontrar empresas com várias unidades em locais diferentes e com a necessidade de trocar arquivos e compartilhar recursos de rede entre essas unidades. Normalmente as companhias telefônicas oferecem um serviço desses mas geralmente é caro e a velocidade de transmissão é baixa.

Porém esta não é a única alternativa. A Veloturbo interliga matriz e filiais de empresas através de rádios, utilizando todo o expertise obtido em sua própria estrutura. Ou seja, as técnicas e o conhecimento que adquirimos dentro do provedor estão sendo usados para ofertar serviços profissionais ao cliente corporativo com a garantia de qualidade e desempenho das redes de alta velocidade.

Alguns clientes utilizam essas redes para distribuir ramais telefônicos em locais quilômetros distantes; outros usam para levar a telefonia a locais remotos (geralmente comunidades rurais), onde os telefones convencionais ou celulares não chegam. E tem funcionado muito bem. A associação da comunidade de Deodoro, na zona rural de Venâncio Aires/RS, é um exemplo que utiliza essa tecnologia oferecida pela Veloturbo para levar 150 números telefônicos do centro da cidade até a comunidade, que está a 16Km em linha reta. E está muito satisfeita.

Já no caso de interligação de matriz e filias, podemos citar a Cisbra, de Ijuí/RS. A unidade mais distante fica a 36Km em linha reta e nenhuma delas tem linha de visada com as outras (existem obstáculos no caminho e bastante interferência). Mas isso não impediu que conseguíssemos concluir o serviço. Utilizando equipamentos adequados, as unidades estão interligadas e compartilham arquivos, recursos de rede e, principalmente, o atendimento telefônico.

Esses serviços são oferecidos “sob medida”. Então, se você ou sua empresa tem uma necessidade semelhante, não deixe de nos contatar. Podemos realizar um levantamento e oferecer propostas sem gerar nenhum tipo de compromisso.

Sendo o que tínhamos pra hoje, despedimo-nos.
Até a próxima!

Equipe Veloturbo

Agradecimentos especiais

Montar e administrar um provedor de Internet não é uma tarefa fácil.

Acredito que administrar qualquer negócio não seja fácil, mas um provedor tem algumas peculiaridades que nem todo ramo de negócio requer, e é por este motivo que dependemos de muitas pessoas para que a engrenagem se mantenha em pleno funcionamento.

Neste post queríamos agradecer àqueles que contribuíram para que chegássemos até aqui, e que continuam nos apoiando nas mais diversas necessidades. Queríamos evitar citar nomes para não sermos injustos, pois cada um sabe a importância que teve e ainda tem, então vamos “generalizar”.

Desde o início, quando tínhamos os primeiros equipamentos, até agora com a essa estrutura bem mais complexa, dependemos de muitas pessoas, quer nos investimentos, quer na estrutura física, na documentação, ou em qualquer outra necessidade. A parte de documentação merece destaque pois foge bastante do nosso conhecimento, então nossa dependência é muito maior.

Os agradecimentos especiais vão para o nosso engenheiro, que avaliza nossas instalações; para nossos funcionários e parceiros, que executam as mais diversas tarefas dentro e fora da Veloturbo; aos advogados e contadores, que mantém nossa documentação em dia; aos técnicos instaladores, que fazem o trabalho pesado; aos nossos familiares e amigos, que nos apóiam em tudo; e a Deus, que mantém nossas mentes sãs e nosso caminho sempre aberto.

É claro que não podemos deixar de agradecer aos nossos clientes, que são o motivo principal de nosso sucesso, e aos nossos fornecedores, que entendem a importância de sempre nos fornecer equipamentos e serviços de alto padrão de qualidade.

E é assim, desta forma simples mas sincera, que reconhecemos a importância de cada um de vocês. Nossos sinceros cumprimentos e desejamos a todos um ótimo 2010 com muitas conquistas e novidades.

Atenciosamente,

Administração Veloturbo

Melhoria contínua

Hoje vamos falar um pouco sobre a história da Veloturbo.

Logo no início, tínhamos apenas um link dedicado de Internet, de 1Mbit/s para nossa pequena rede. Não lembro exatamente quantos clientes tínhamos na época, mas logo esse link ficou esgotado. Solicitamos ao nosso fornecedor então aumento para 2Mbit/s e foi um sacrifício pra isso acontecer. Mas beleza, aumentaram.

Durou mais alguns meses e, como estávamos crescendo rapidamente, logo este link se esgotou também. Era hora de aumentar novamente e foi isso que fizemos. Longo tempo de espera, pra variar, mas enfim, tínhamos agora condições de crescer mais. Foi o momento em que decidimos que a empresa devia se profissionalizar.

Adquirimos servidores, aperfeiçoamo-nos através de treinamentos, e botamos todos os nossos conhecimentos em prática. O Marcelo é estudioso das ciências exatas: física, química, matemática… está quase formado. E eu tenho formação em Ciência da Computação. Ele aplica sua experiência em rádios, antenas, enlaces, propagação de ondas, polarização e mais uma porção de coisas que envolvem uma (aparentemente) simples conexão física entre dois dispositivos. E eu coloco em prática o que aprendi nas configurações de rede, roteamento, hardwares e softwares e todos os demais itens ligados à conexão lógica. Resumindo, podemos dizer que a estrutura da Veloturbo tem dois responsáveis que entendem do que estão fazendo, e que nunca se cansam de estudar e desbravar as novas tecnologias.

Bom, continuando, nossa estrutura passou por uma reestruturação significativa e naquele momento já tinha links e servidores de redundância, no-breaks impecáveis, ativos de rede das melhores marcas e proprietários preocupados em ter a melhor estrutura de rede. Faltava apenas uma equipe para melhorar o atendimento aos clientes, e foi isso que buscamos. A aliança com parceiros autorizados deu tão certo que persiste até hoje. Ou seja: a Veloturbo se preocupa em manter a infraestrutura perfeita, enquanto que nossos parceiros autorizados se responsabilizam em prestar atendimento aos nossos clientes com excelência.

Assim, nosso ritmo de crescimento aumentou e lá fomos nós, mais uma vez, ampliar a capacidade de nossos links. E dessa vez contratamos outro fornecedor, diminuindo assim o problema do “ponto único de falha”. Esse problema ocorre quando tem alguma coisa que pode falhar, e deixar os clientes sem comunicação, mesmo com todos os cuidados que se possa tomar. Tínhamos apenas um fornecedor. Agora, com mais de um, pode até ocorrer falha em algum deles, que em poucos segundos todo o tráfego é direcionado para os restantes, sendo muitas vezes imperceptível para o usuário.

Muito bem. Dentro do provedor está tudo ok. Mas e nas torres? Estão em lugares remotos. Se faltar energia elétrica? E lá fomos nós buscar alternativas para esses casos. E encontramos uma solução, desenvolvida internamente pela própria Veloturbo, que mantém os pontos de acesso em funcionamento por muito mais tempo do que soluções convencionais com no-breaks e geradores. Ponto pra nós!

Enfim, aqui estamos: preocupados com nossos clientes, com a nossa rede, com as nossas torres, antenas, equipamentos. Ainda nessa semana adquirimos novos no-breaks e também um gerador pra usar em nossa “base”. Estamos sempre em busca de novidades. Sempre lançando inovações. Este blog é mais um exemplo, e podem ter certeza que não iremos parar. Muito pelo contrário!

Bem, vou ficando por aqui pra não me estender demais.
Um grande abraço a todos, espero que tenham gostado.

Att.

Daniel Ghisleni

O blog da Veloturbo em ação!

Destinamos esse blog a todos os nossos clientes, e também àqueles que, de uma forma ou de outra, utilizam a nossa rede para alguma finalidade.

Aqui pretendemos postar comentários, fotos e outras informações sobre o dia-a-dia de nossa empresa, as nossas conquistas e, por que não, os percalços que encontramos pelo caminho.

Neste momento, gostaríamos de prestar nossa solidariedade aos queridos clientes e amigos que residem no bairro Jacarezinho, fortemente castigados pelas últimas chuvas, que de tão fortes e repentinas, levaram pertences, imóveis, eletrodomésticos e até mesmo partes das casas. Fomos um pouco afetados pela falta de energia elétrica no local (temos um ponto de acesso na localidade), mas nada se compara à perda que essas pessoas tiveram. Esperamos que a situação se regularize o mais breve possível e que todos consigam dar a volta por cima. Contem conosco no que pudermos ajudar.

No que se refere ao nosso ponto de acesso de Jacarezinho, cujo nome do sistema é Veloturbo-F, informamos a nossos clientes que a previsão de normalização é até as 17h do dia 06/01/2010.

E quanto a este blog, esperamos que seja bastante visitado e que conte com a participação de todos vocês, sejam clientes ou não.

Sem mais para o momento, despedimo-nos e ficamos no aguardo dos comentários de vocês sobre mais essa iniciativa da Veloturbo. Divirtam-se!

Um forte abraço,

Equipe Veloturbo

Veloturbo Serviços de Internet Ltda.
Rua Julio de Castilhos, 1335 Sala 03
CEP 95960-000  Encantado/RS
SAC: (51) 3751-6969

1 2 3